Eleições 2020 – Conheça os vereadores eleitos em Santa Luzia (MG)

Apenas cinco vereadores foram reeleitos. Entenda como candidatos mais votados não foram eleitos.

Após a demora na apuração das Eleições 2020 pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral), o resultado das votações deste domingo, 15 de novembro, confirmou o novos nomes das cadeiras da Câmara municipal de Santa Luzia a partir do início de 2021, veja a lista completa:

Vereadores eleitos para a Câmara Municipal de Santa Luzia (2021 – 2024)

  • Wander Carvalo – PSD – 2.362 votos
  • Ilacir Bicalho – PSC – 2.339 votos
  • Paulo Bigodinho – PV – 1.957 votos (reeleito)
  • Luíza do Hospital – PSD – 1.722 votos (reeleita)
  • Henry Santos – Republicanos – 1.674 votos (reeleito)
  • Junin do Lau – PROS – 1.662 votos
  • Paulo Cabeção – PL – 1.577 votos
  • Lelei do Salão – Avante – 1.500 votos
  • Glayson Johnny – 1.469 votos
  • Ivo Melo – PSD – 1.320 votos (reeleito)
  • Du do Salão – PSC – 1.277 votos
  • Waguinho – Avante – 1.246 votos
  • Paulo Pretão – PMN – 1.173 votos
  • André Leite – PROS – 1.142 votos (reeleito)
  • Nandinho – PP – 976 votos
  • Lelei da Auto Escola – PDT – 940 votos
  • Cristiano Matos – PSL – 919 votos

Vereadores que não foram reeleitos

  • Marcio Ferreira – PSC – 1.061 votos (suplente)
  • João Binga – PROS – 941 votos (suplente)
  • Ticaca – PP – 902 votos (suplente)
  • Neylor Cabral – PROS – 799 votos (suplente)
  • Nilsinho – PSL – 656 votos (suplente)
  • Zé Cláudio – PV – 478 votos (suplente)
  • Balú – PROS – 376 votos (suplente)
  • Suzane Bem Vindas – 1.281 votos
  • Cézar Lara Diniz – Candidato a prefeito
  • Marcelino – Não se candidatou
  • Sandro Coelho – Não se candidatou
  • Vagner Guiné – Não se Candidatou

Entenda porque candidatos a vereador bem votados não foram eleitos em Santa Luzia (MG)

Mesmo conquistando 1281 votos e sendo a 11ª candidata a vereador mais votada em Santa Luzia, Suzane Bem Vindas (PT) não foi reeleita. Em contrapartida, candidatos que obtiveram números bem inferiores, a exemplo de Cristiano Matos, com 919 votos, conseguiram se eleger. O resultado pegou muitos luzienses de surpresa, já que é comum atrelar a quantidade de votos ao processo de eleição.

O que faz um candidato ser eleito com 3 mil, 1200, ou 800 votos é o chamado quociente eleitoral. A fórmula é calculado da seguinte maneira: divide-se o número de eleitores de uma cidade que votaram (apenas votos válidos, sem contar brancos ou nulos), pelo número de vagas que há na Câmara dos Vereadores. No caso de Santa Luzia, foram 109.619 votos válidos para vereador, dividido por 17, que é o número de vagas para a Câmara, temos o quociente eleitoral gira em torno de 6448 votos. Essa é a quantidade de votos que um candidato ou uma coligação precisa ter para garantir uma cadeira na Câmara.

O PT em Santa Luzia conseguiu apenas 2.552 votos, quantidade bem abaixo do quociente eleitoral.

Foto: Facebook / Divulgação