Taquaraçu de Minas pode ser incorporado por Santa Luzia com proposta do pacto federativo

Foi apresentado em Brasília, nessa última terça-feira (5), uma proposta de mudança no pacto federativo, que prevê a incorporação a municípios vizinhos das cidades que possuírem menos de 5 mil habitantes e arrecadação própria menor que 10% da receita total. O ministro da Economia, Paulo Guedes disse que há 1.254 municípios que seriam incorporados pelos vizinhos, se forem consideradas essas regras. Taquaraçu de Minas seria um desses municípios.

De acordo com o Censo/2010 do Ibge, Taquaraçu de Minas possui 3.792 habitantes. Ele se tornou município em 30 de dezembro de 1962, sendo desmembrado de Caeté, do qual era distrito. Porém o lugarejo original surgiu por volta de 1776.

Dos seus municípios vizinhos, todos tem população maior que 5 mil habitantes, sendo que Santa Luzia é a mais populosa, com mais de 200 mil habitantes, e uma das que possuem a sede mais próxima, apenas 30 quilômetros, perdendo em distância apenas para Nova União, que dista 26 km, porém tem uma população parecida, apenas 5.554 habitantes. Outra grande candidata é o município que pertencia, Caeté, que fica cerca de 39 quilômetros e possui população de 40.786 habitantes. As outras cidades candidatas seriam Jaboticatubas e Sabará, porém estão bem mais distantes que as outras.

Outros fatos que influenciam que Santa Luzia seja a principal candidata é que a região do Engenho atualmente está conurbada com os dois municípios, sendo quase impossível distinguir a divisa dos municípios. Além disso, uma das linhas de ônibus municipal de Santa Luzia percorre boa parte do seu trajeto em Taquaraçu de Minas, e existe uma linha que liga os dois municípios, diferente do que ocorre com os outros.

Se a proposta for aprovada no congresso, uma conferência seria realizada em 2023 e se não for atingida a meta de população mínima, Taquaraçu de Minas e outros municípios já não teriam eleições municipais em 2024, e já em janeiro de 2025 seria incorporado a um município vizinho.