IFMG abre inscrições para o vestibular 2015

O Instituto Federal de Minas Gerais (IFMG) abre, de 1 de novembro a 7 de dezembro, as inscrições para o Vestibular e Exame de Seleção 2015/1. Ao todo, são mais de quatro mil vagas, sendo 2.641 para cursos técnicos e 1.450 vagas para superiores (bacharelado, tecnologia e licenciatura).

O Instituto Federal de Minas Gerais (IFMG) abre, de 1 de novembro a 7 de dezembro, as inscrições para
o Vestibular e Exame de Seleção 2015/1. Ao todo, são mais de quatro mil
vagas, sendo 2.641 para cursos técnicos e 1.450 vagas para superiores
(bacharelado, tecnologia e licenciatura). As ofertas serão feitas nos
câmpus Bambuí, Betim, Congonhas, Formiga, Governador Valadares, Ouro
Branco, Ouro Preto, Ribeirão das Neves, Sabará, Santa Luzia e São João
Evangelista, além dos câmpus avançados em Conselheiro Lafaiete (nova unidade), Itabirito (nova unidade), Piumhi e Ponte Nova.
As inscrições devem ser feitas
exclusivamente pela internet. A taxa é de R$ 50,00 para candidatos a
cursos técnicos e de R$ 70,00 para os de nível superior.
O candidato deverá efetuar o pagamento
da taxa de inscrição através da Guia de Recolhimento da União (GRU)
Cobrança, em qualquer agência bancária ou correspondente bancário. O
pagamento da taxa deve ser feito em dinheiro ou débito em conta corrente
até o dia 9 de dezembro (consulte os editais). O comprovante definitivo de inscrição poderá ser consultado nos dias 18 e 19 de dezembro. Problemas relativos ao não processamento do pagamento da taxa ou ao comprovante devem ser comunicados pelo
copeves@ifmg.edu.br.
Quando e onde serão as provas?
As provas serão realizadas no dia 21 de dezembro, nas
cidades de Bambuí, Betim, Capelinha, Congonhas, Conselheiro Lafaiete,
Formiga, Governador Valadares, Itabirito, Itamarandiba, Mariana, Ouro
Branco, Ouro Preto, Piumhi, Ponte Nova, Ribeirão das Neves, Sabará,
Santa Luzia, São João Evangelista e distrito de Cachoeira do Campo. Para
os cursos técnicos, o horário será das 14 às 18h. Já para os
superiores, das 8h às 12h30.
Para não pagar inscrição!
O candidato que, cumulativamente, comprovar renda familiar per capita
igual ou inferior a um salário mínimo e meio, e tiver cursado o ensino
médio completo em escola da rede pública ou como bolsista integral em
escola da rede privada, tem a oportunidade de solicitar o benefício da
isenção da taxa de inscrição.
Sisu: oportunidade em dobro
Você pode tentar as vagas dos cursos
superiores de duas maneiras: via Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e
também pelo vestibular. No Vestibular e Exame de Seleção 2015/1 serão
ofertadas 50% das vagas dos cursos superiores e no Sisu serão ofertadas
as demais vagas. O Sisu utilizará as notas do Enem 2014, conforme edital.
Cotas
São reservadas 50% das vagas dos cursos
superiores aos candidatos que tenham cursado integralmente o ensino
médio em escolas públicas e 50% das vagas de seus cursos técnicos, em
todas as modalidades, aos candidatos que tenham cursado o ensino
fundamental em escolas públicas. Basicamente, há três critérios de
classificação dentro do sistema: o primeiro está ligado ao fato do aluno
vir de escolas públicas, o segundo, relacionado à renda familiar per
capita e, o terceiro, à autodeclaração de cor.
Cursos
Em Bambuí, os
candidatos poderão optar pelos cursos técnicos: Açúcar e Álcool,
Agropecuária (integrado e subsequente), Informática, Manutenção
Automotiva e Meio Ambiente, além dos superiores em Administração,
Ciências Biológicas, Engenharia de Alimentos, Engenharia de Computação,
Engenharia de Produção, Física e Zootecnia.
Em Betim, serão
oferecidos os cursos técnicos em Automação Industrial, Mecânica (ambos
subsequentes e integrados) e Química, além dos superiores em Engenharia
de Controle e Automação e Engenharia Mecânica.
Já em Congonhas, há
oferta para os cursos técnicos em Mecânica, Edificações e Mineração
(subsequentes e integrados), além de Engenharia de Produção e Física.
O IFMG, em Formiga
oferece as seguintes oportunidades: técnicos em Administração,
Eletrotécnica e Informática, bem como superiores em Administração,
Ciência da Computação, Engenharia Elétrica, Matemática e Gestão
Financeira.
No Câmpus Governador Valadares
o candidato poderá optar pelos cursos: técnicos em Meio Ambiente e
Segurança do Trabalho (subsequente e integrado), além de bacharelado em
Engenharia de Produção e tecnologia em Gestão Ambiental.
Em Ouro Branco, é
possível realizar os cursos técnicos: Administração, Informática e
Metalurgia, bem como os superiores em Administração, Engenharia
Metalúrgica e Computação (licenciatura).
Para o Câmpus Ouro Preto,
o IFMG oferecerá os cursos de nível superior em Conservação e Restauro,
Física, Gastronomia e Geografia. Administração, Automação Industrial,
Edificações, Metalurgia, Mineração (os três últimos subsequentes e
integrados) e Segurança do Trabalho são as opções da área técnica.
Ribeirão das Neves ofertará o curso superior de tecnologia em Processos Gerenciais.
Em Sabará, é possível
optar pelos técnicos: Administração, Eletrônica e Informática ou pelos
superiores em Sistema da Informação, Logística e Processos Gerenciais.
Santa Luzia
disponibiliza os técnicos em Edificações e Paisagismo, além de
superiores em Arquitetura e Urbanismo, Design de Interiores e Engenharia
Civil.
Já em São João Evangelista,
o candidato pode vir a tentar os seguintes cursos: Agronomia,
Engenharia Florestal, Sistemas de Informação e Matemática, todos de
nível superior, além dos técnicos em Agropecuária, Manutenção e Suporte
em Informática e Nutrição e Dietética.
Câmpus Avançados: duas novas unidades
Conselheiro Lafaiete: técnicos em Eletrotécnica e Mecânica (integrados e subsequentes)
Itabirito: técnicos em Automação Industrial e Eletroeletrônica e bacharelado em Engenharia Elétrica
Piumhi: técnico em Edificações e bacharelado em Engenharia Civil
Ponte Nova: técnicos em Administração e Informática (subsequentes e integrados)
***
Acesse:

Edital nº 145 – Cursos superiores

Edital nº 146 – Cursos técnicos

***
Outras informações:

copeves@ifmg.edu.br