Duplicação da BR-381 pode atrasar devido a demora em repasse de verbas para Santa Luzia


Parte da verba destinada a reassentamento de famílias às margens da BR-381, no bairro Bom Destino não foi liberada e pode atrasar as obras de duplicação da rodovia da morte.
De: Exclusivo Cidade Santa Luzia Cidades

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) repassou
nesta quinta-feira (28) para a Prefeitura de Belo Horizonte R$ 3
milhões para a aquisição de áreas onde deverão ser construídas unidades
habitacionais para o reassentamento de 900 famílias que moram às margens
da BR-381.

Essa é a segunda parcela de um montante de mais de R$ 75 milhões que
será repassado ao município, conforme termo de compromisso assinado
entre a União e o município no fim do ano passado. Em fevereiro, o Dnit
transferiu para a PBH R$ 1,6 milhão.

No entanto, o processo de duplicação da rodovia da morte, entre BH e
Governador Valadares, pode emperrar em um município vizinho à capital.
Uma parte do repasse de cerca de R$ 17 milhões, que deveria estar à
disposição de Santa Luzia (RMBH) – para a remoção de 400 famílias –,
ainda não foi feito.

Segundo o Dnit, um termo aditivo está sendo providenciado para a
adequação do cronograma. A previsão é de que uma parcela seja depositada
na primeira quinzena de abril e, até o fim do ano, serão repassados R$ 9
milhões para o reassentamento dessas famílias. Conforme a prefeitura,
assim que o dinheiro cair na conta, o cadastro das famílias será
iniciado.

Em Sabará, a prefeitura faz exigências para dar início à remoção de
casas às margens da BR-381. O município não assinou termo de compromisso
com o Dnit para o reassentamento de cem moradores.

Porém, o município quer a construção de uma via marginal na rodovia,
entre os bairros Borges e Borba Gato. Outras contrapartidas são a
duplicação de uma estrada entre a BR-381 e a MG-05, na Vila Barraginha, e
a substituição de passarelas por túneis. “Estamos apenas aguardando
algumas adequações no documento para a assinatura”, explicou o
vice-prefeito, Ricardo Antunes.

De acordo com o Dnit, foi encaminhado ontem à prefeitura um ofício para
formalizar o acordo. Ainda segundo o órgão, Diógenes Fantini se
comprometeu a apresentar o plano de trabalho para celebração do termo de
compromisso em 15 dias, a partir do recebimento do ofício.