Grupo de Adoção é lançado em Santa Luzia

Buscando apoiar as famílias que buscam crianças para adoção e sensibilizar os órgãos públicos locais quanto à questão, foi lançado ontem (25), em Santa Luzia, o Grupo Doce Adoção (GADA).

De: Luzia Ferreira Cidades

Buscando apoiar as famílias que buscam crianças para adoção e
sensibilizar os órgãos públicos locais quanto à questão, foi lançado
ontem (25), em Santa Luzia, o Grupo Doce Adoção (GADA).
A deputada estadual Luzia Ferreira (PPS), presidente da Frente Parlamentar de Apoio à Adoção da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, participou do lançamento e fala sobre a importância do grupo. “Precisamos fortalecer os movimentos sociais em prol da adoção.
A criação do GADA mostra que institucionalizar os grupos de apoio é
fundamental para esclarecer as famílias, contribuir com o processo de
pré-adoção e, também, da pós-adoção”, declara.
Na oportunidade a Luzia Ferreira anunciou a realização de uma
audiência pública, em novembro, para debater as dificuldades no processo
de adoção enfrentadas pelas famílias.
“No Brasil temos um processo lento e burocrático no que diz respeito à
adoção. Existe uma grande dificuldade em aproximar os candidatos a
serem pais adotivos às crianças a serem adotadas.”, destaca a deputada
Luzia Ferreira.
O objetivo do GADA é debater e buscar soluções para agilizar e
promover melhorias no processo de adoção, para que atenda aos quesitos
de um sistema justo, capaz de analisar de forma interdisciplinar e
afetiva a situação de cada criança e adolescente.
O evento de lançamento aconteceu no Fórum , com a presença do Juiz de
Direito da 1ª Comarca, Vara de Santa Luzia, Guilherme Lima Nogueira da
Silva; da promotora da 2ª Promotoria de Justiça de Santa Luzia, Aneliese
Cardoso Ribeiro; da Presidente da Associação Nacional dos Grupos de
Apoio à Adoção (ANGAAD), Maria Bárbara Toledo; Presidente da Centésima
Subseção da OAB/MG de Santa Luzia, Francisco Massara Gabrich; da futura
vice prefeita do município, Roseli Pimentel; do presidente da Associação
Empresarial de Santa Luzia, Hélio Eduardo Alves Pereira; da presidente
do Grupo de Adoção De Volta Pra Casa, de Divinópolis, Sandra Amaral e de
vários membros da sociedade civil organizada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *